Como fazer com que seu filho seja um adulto frustrado?

Nos dias de hoje, vivemos numa correria muito grande que nos deixa rotineiramente irritados e sobrecarregados. É o chefe que cobra demais, seu marido ou sua esposa, que geralmente também trabalha, cobra atenção e carinho, as dívidas batendo a sua porta todo mês, ligação cobrando uma dívida, prazos que você precisa cumprir de entrega de projetos e tantas outras coisas acontecem que você, não sem razão, acaba ficando muito estressado e com isso, mesmo sem querer, pode descontar no seu filho toda sua irritabilidade.

Infelizmente isso é mais comum do que se pode imaginar, pois estamos vivendo no automático (como pude falar neste artigo), sem termos muita consciência do que estamos fazendo, e justificamos isso (como se fosse justificável) pela sobrecarga de pressões internas e externas.

Por isso se tornou normal, hoje em dia, vermos crianças mal educadas, estressadas, cheias de maus hábitos, geralmente, reflexos de um núcleo familiar em desequilíbrio.

Quem foi que disse que educar seria fácil?

Uma das tarefas mais difíceis que temos na vida é a da educação porque ela está sempre em constante mudança. O que na sua época poderia ser um absurdo, hoje pode ser a coisa mais normal do mundo. O jeito de se educar deve ser sempre aprimorado, e na minha prática de consultório já me acostumei a receber pais que literalmente não sabem o que fazer diante do comportamento dos filhos. E a dúvida aliada a um sentimento interno de culpa, inconsciente, por não dar a devida atenção à criança, são péssimas conselheiras.

Curso de inteligência emocional no Rio de Janeiro

Então, para equilibrar sentimentos internos contrastantes, começamos a substituir, já que estamos sempre estressados, amor e carinho por coisas materiais para justificarmos a nossa ausência. Ausência, não significa, necessariamente, estarmos fora de casa, mas sim estarmos presentes com pensamentos distantes.

Qual o indício de que você está perdendo o controle e comprometendo a saúde mental do meu filho?

Sempre que você tiver uma explosão de ira, por menor que tenha sido a falha do seu filho, é sinal de que você está perdendo o rumo da educação. Isso não significa que você não pode se zangar e expressar o seu sentimento de insatisfação. Pelo contrário, existem boas maneiras de você demonstrar isso sem ofender e perder o controle, afinal, seu filho precisa saber que você é humano e que tem sentimentos de alegria e tristeza, felicidade e descontentamento.

No entanto, há boas maneiras e maneiras ruins de fazer isso. E aqui vão algumas maneiras ruins de você expressar o seu sentimento de descontentamento:

  • Estou de saco cheio de você.
  • Seu irmão é mais inteligente que você.
  • Você É muito burro.
  • Você nunca será ninguém na vida.
  • Vou largar você de mão. 
  • Você nunca faz nada direito.
  • Eu te odeio.
  • Você nunca deveria ter nascido.
  • Você É um idiota.
  • Gostaria que você fosse mais parecido com seu irmão.
  • Eu tenho vergonha de você.
  • Engole o choro.

E por aí vai…

Essas frases, ditas geralmente em um momento de explosão emocional, são capazes de fazer um verdadeiro estrago na mente da criança, que muitas vezes, só³ será percebido na idade adulta, quando os danos já¡ se enraizaram bastante. Esse É um post para te alertar, caso esteja falando alguma dessas frases, mas falarei a respeito de como cada uma delas repercute dentro da mente da criança em outro artigo.

Ainda que você tente se justificar, a criança não pode ser tratada como depósito de lixo emocional. Ela também tem sentimentos e emoções, e estes ficarão seriamente comprometidos caso você continue agindo desta forma.

O que fazer então?

Independente de como você esteja se sentindo em sua vida, ponha prioridades nas suas escolhas. Isso significa também decidir por quem você ama. Para tudo tem jeito.

Uma das bases da educação é a paciência. Sem ela ficamos irritados porque queremos que a criança não faça nenhuma arte, que fique sempre comportada, que seja educada, que arrume seu quarto, que aprenda os exercícios logo na primeira vez, que tire boas notas na escola, que não nos perturbe, e é possível que boa parte ou tudo isso seja conquistado, mas ainda não conseguimos lidar com o fator tempo.

Queremos que a criança alcance todos esses benefícios o mais rápido possível, sendo que o mais rápido possível para nós significa que queremos isso pra ontem e que nos dá o mínimo trabalho possível, como se isso fosse possível, rsrs.

Curso de inteligência emocional no Rio de Janeiro

É a repetição que faz com que a criança aprenda. Umas precisarão repetir mais vezes do que outras, mas tudo bem cada um é de um jeito e não há problema algum nisso. Mas não são só as crianças que aprendem por repetição, nós adultos também. Quantas vezes você precisou repetir aquele exercício de matemática ou de português, ou alguma outra coisa que não te dava nenhuma motivação, mas que era necessário aprender?

Precisamos ter mais paciência com as crianças e conosco. Procure compreender que cada ser humano é único, com todos os seus defeitos e qualidades. Ter paciência significa compreender a individualidade da criança, sem cobrar mais do que ela pode dar em um curto espaço de tempo; É tolerar e amenizar o problema tanto quanto seja possível; É deixar o nosso estresse, do trabalho, de lado sempre que possível; É não descontar no outro toda nossa insatisfação com a vida; É buscar separar o joio do trigo; e tudo isso é uma questão de aprender a ter inteligência emocional.

Neste artigo eu explico o que é inteligência emocional, quais são as habilidades e como desenvolvê-la.

Nunca desista de seus sonhos e estimule a criança a ter os dela. Isso nos ajuda a termos mais motivação na vida, independentemente da idade que você tenha. Tenha certeza de que é possível concretizá-los.

Assim como você, a criança também precisa de motivação. Por isso, procure estimulá-la de todas as formas. Estimular, nesse caso, não significa, necessariamente, colocá-la em várias atividades ao mesmo tempo, mas sim dar palavras de incentivo que a façam persistir e ter mais vontade de vencer, de conquistar este ou aquele desafio. Isso fará efetivamente uma repercussão muito grande em todas as áreas da sua vida e da vida da criança também.

Formação Internacional em Coaching Integral Transpessoal no Rio de Janeiro

Deixe seu comentário

2018-12-04T17:12:22+00:00dezembro 4th, 2018|Inteligência Emocional|
Share This